segunda-feira, 2 de julho de 2012

Massagem com pedras quentes


   Também conhecida como massagem geotermal ou termoterapia, é uma massagem que dura de 60 a 90 minutos e proporciona bastante relaxamento e bem-estar.
   Agrega conhecimentos de massoterapia, geoterapia, cristalterapia, hidroterapia, termoterapia, podendo ser inserida ainda a aromaterapia (utilização de óleos essenciais).
   Infelizmente não há bibliografia na atualidade que discorra sobre a interação de todas essas terapias, mas sabe-se que o conjunto delas é que torna essa massagem tão especial e única.
   Apesar de ser uma técnica considerada contemporânea, a massagem com pedras quentes é, na realidade, uma técnica antiga utilizada por diversas civilizações, tais quais: África, América, China, Egito, Europa, Índia e Japão. Tradicionalmente eram utilizadas para proteção, como tratamento terapêutico para o corpo ou porque transmitiam sensação de bem-estar. Também eram utilizadas para controlar a fome em períodos de jejum pelos monges tibetanos e nossas avós utilizavam as pedras quentes envoltas em toalhas para aquecer os pés e induzir ao sono nas noites de inverno. Quem trouxe a técnica ao Brasil foi Ala Szerman, ícone da estética.
   Alguns profissionais utilizam pedras vulcânicas para realizar as massagens, outros as gemas (pedras semi- preciosas). Com formatos e tamanhos distintos, as pedras são escolhidas de acordo com a zona do corpo onde serão aplicadas, uma vez que devem se “encaixar” (pedra e corpo) durante a massagem.
   No início da massagem é passado o creme ou óleo para massagem, que facilitará o manuseio e rolamento das pedras. Assim que estiverem quentes, as pedras são utilizadas na realização da massagem ou posicionadas em regiões do corpo onde há tensão acumulada.
   Uma das vantagens de se utilizar a massagem com pedras quentes é que se obtém um profundo relaxamento muscular, sem que o Naturólogo/Esteticista necessite realizar muita pressão ou se desgastar demasiadamente para dissolver nódulos de tensão muscular. Sendo indicada também para aqueles clientes que apresentar muitos nódulos de tensão mas que não gostam de sentir dor ou não suportam massagem com muita pressão.
   Não raro clientes se sentem tão relaxados que acabam dormindo ou ressonando durante a massagem.    Dessa forma, a massagem com pedras quentes acaba sendo interessante também como complemento de outras massagens como massagem relaxante ou drenagem linfática manual.
   A primeira ação da aplicação prolongada com pedras quentes em uma área de reflexo causa dilatação passiva dos vasos sanguíneos do órgão relacionado. Ao utilizá-la, o calor é levado do centro para a superfície da pele, assim os músculos relaxam devido ao aumento do fluxo sanguíneo. A circulação interna do sangue diminui, desacelerando a atividade dos órgãos internos, acontece um relaxamento da atividade cardíaca, com diminuição no volume de sangue bombeado por batimento. A aplicação prolongada de pedras quentes é sedativa do sistema nervoso.
   As pedras quentes produzem efeitos como: o relaxamento muscular, vasodilatação, aumento da irrigação sanguínea e consequente desintoxicação dos órgãos internos, aumento do metabolismo celular e é tranquilizante do sistema nervoso.

   * Efeitos fisiológicos da massagem com pedras quentes:
- Vasodilatação;
- Melhora da oxigenação dos tecidos;
- Favorecimento do retorno venoso e linfático;
- Desintoxicação;
- Relaxamento muscular;
- Diminuição do estresse e ansiedade.

   * Indicações da massagem com pedras quentes:
- Problemas musculares (dores e atrofias);
- Cólica menstrual;
- Prisão de ventre;
- Redução de estresse físico e mental, cansaço, etc;
  
   * Contraindicações da massagem com pedras quentes:
- Doença cardíaca (descompensada);
- Fraturas ou ferimentos expostos;
- Tumores;
- Cistite aguda;
- Gravidez;
- Infecções;
- Câncer;
- Varizes;
- Inflamações;
- Febre;
- Clientes em pós-cirúrgico;
- Qualquer condição em que a massagem tradicional é contraindicada.

  Quer aprender a fazer essa deliciosa massagem? No dia 18/08/2012 estarei ministrando o curso. Para maiores informações, clique aqui.


Referências

BROWN, Mary Beth; SIMONSON, Stephanie. Introdução a Massoterapia. Barueri, SP: Ed. Manole, 2007.

DEVECCHI, Carlos Alberto. Massagem com pedras quentes. Disponível em: <http://www.apanat.org.br/site/massagem-com-pedras-quentes/>. Acesso em: 13 mar. 2011.

MELLA, Marilice. Massagem com pedras quentes. Florianópolis, 2009. Apostila do curso de Massagem com pedras quentes da Vitta Cosméticos.

SZERMAN, Ala. Terapia das Pedras Quentes. Disponível em: <http://www.revistapersonalite.com.br/48_pedras.php>. Acesso em: 13 mar. 2011.

VIVER SPA. Massagem com pedras quentes. Disponível em: <http://viverspa.com/artigos/massagem-pedras-quentes>. Acesso em: 13 mar. 2011.


 Fonte:
Imagem: Getty Image


Obs: Post publicado originalmente no Blog da Athman: Naturologia, Saúde e Beleza, em 1° de maio de 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário