segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Conheça o Reiki

 "Reiki, é a arte secreta de convidar a felicidade" (Mikao Usui)

   Reiki é um sistema de técnicas criado no início do século 20, no Japão, por Mikao Usui, um monge budista. A tradução da palavra Reiki significa Rei: universo; Ki: energia, ou seja, Reiki é “energia vital universal”.
   Esse sistema de tratamento “tem como finalidade restabelecer a homeostasia física, mental e emocional, para que o processo de cura possa se instalar ou ser facilitado. Essa homeostasia é adquirida como reflexo da homeostasia energética do organismo”. (GARÉ, 2008).
   “O reiki é um sistema natural de cura, que através da canalização de energia “CHI” (energia divina) pelo reikiano e imposição de suas mãos, proporciona harmonização ao ser de forma integral, retorno ao seu estado primordial de equilíbrio, felicidade e, consequentemente, cura e saúde (TAVARES, 2002 apud SANTOS, 2005).
   “Baseado nos princípios budistas, o reiki prega a compaixão por todos os seres vivos, a não violência inclusive para com os animais, o amor sem apego e a ajuda ao próximo. Para Usui, era de fundamental importância que a energia curadora em nome do amor e da humildade fosse levada a várias pessoas para que estas aprendessem o método e se tornassem agentes multiplicadores. Popularizar o método era a sua proposta”. (TEIXEIRA, 2009)

   Princípios do Reiki:
- Somente por hoje não te preocupes;
- Somente por hoje não sintas raiva;
- Somente por hoje honra teus pais, mestres e anciãos;
- Somente por hoje ganha a vida honradamente;
- Somente por hoje sinta gratidão por todo ser vivo.

   Pesquisas sobre reiki, utilizando ou não outras formas de terapias (complementares ou alopáticas), estão sendo feitas e provam a eficácia da técnica, tanto em animais como em seres humanos (GARÉ, 2008).
   Em uma tese de mestrado em medicina chegou-se a conclusão que a imposição de mãos feitas através de técnicas como o reiki, cura prânica, ou espíritas e cristãs, gera influências físicas (alterações fisiológicas) que podem promover a cura. (OLIVEIRA, 2003).
  Em outra pesquisa foram estudados os efeitos do Reiki na evolução de granuloma induzido pela inoculação do BCG em camundongos e também portadores de tumor ascítico de Ehrlich in vivo e in vitro. Havia nesse estudo 3 grupos de animais: controle (8), reiki A (9) e reiki B (9). Os animais do grupo controle não receberam nenhum tipo de tratamento. Os do grupo reiki A receberam aplicação de reiki por 10 minutos todos os dias, com uma distância de 30 cm. Os camundongos do grupo reiki B receberam manipulação e uma técnica diferente de Reiki. Os animais foram observados diariamente até o dia do óbito.  Os resultados apontaram que nos camundongos inoculados com BCG e tratados com reiki houve uma diminuição do edema de pata e os hamsters que pertenciam ao grupo reiki A apresentaram uma taxa de sobrevida maior que os dos outros grupos. (GARÉ, 2008).
  O tratamento com reiki é realizado através da imposição das mãos (transmissoras de energia), em 12 posições ou mais, de acordo com a necessidade da pessoa.
   As sessões duram em média 1 hora e podem ser realizadas diariamente, inclusive, mais de uma vez ao dia. A aplicação pode ser feita pelo próprio cliente, desde que o mesmo tenha feito pelo menos o nível I de Reiki.
  Essa técnica pode ser aplicada em seres humanos, animais, plantas, alimentos e ambientes (casas, escritórios, etc). Pode ser aplicado de forma direta (presencialmente) ou à distância (o que implica que a pessoa tenha, pelo menos, o nível II de Reiki).
  “Ao produzir efeitos à distância, o reiki comprova que o essencial não é a imposição de mãos, muito menos a posição das mãos ou o seu movimento. O essencial é a ação mental, que promove o equilíbrio energético, atuando na prevenção de doenças ou na restituição da saúde e do bem-estar”. (SALOMÉ, 2009)
 “O Reiki assim como outro método alternativo de tratamento tem sua base no sistema de autorresponsabilidade no qual o assistido é responsável por sua saúde. O terapeuta Reikiano dará suporte e apoiará o processo de equilíbrio, do qual a pessoa deverá participar ativamente”. (SALOMÉ, 2009)
   Em trabalho realizado por Chambers, Libby e Davidson (2000) citado por Salomé (2009), observou-se as seguintes vantagens na utilização do Reiki como alternativa terapêutica:
   - A aplicação do Reiki em cirurgia faz com que o paciente fique menos ansioso, mais calmo, relaxado e com menos dor;
   - O reiki não só aumenta seu vigor físico, fornecendo-lhe energia para trabalhar longos períodos, como também capacita o profissional [...]a manter a clareza mental e a estabilidade emocional, realizando o seu trabalho da melhor maneira possível;
   - O reiki faz com que o profissional [...]aumente a satisfação com o trabalho e restaure o que parece estar faltando no seu papel. Além disso, renova o entusiasmo do profissional pelo seu trabalho, ajudando a recriar a visão original que inicialmente o inspirou a escolher sua profissão.


Referências


GARÉ, Ricardo Rodrigues.  Efeitos do reiki na evolução do granuloma induzido através da inoculação do BCG em hamsters e dor tumor ascítico de Ehrlich induzido em camundongos. 2008. 62f. Dissertação (Pós-graduação em Patologia Experimental e Comparada) – Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

OLIVEIRA, R.M.J.  Avaliação de efeitos da prática de impostação de mãos sobre os sistemas hematológico e imunológico de camundongos machos. 2003. 95f. Dissertação (Mestrado em Ciência Médicas) – Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003. Disponível em: <http://www.amegoias.com.br/artigos/bancoteses/Disserta_Oliveira_RMJ.pdf>. Acesso em: 19 ago. 2012.

SALOMÉ, Geraldo Magela. Sentimentos vivenciados pelos profissionais de enfermagem que atuam em Unidade de Terapia Intensiva após aplicação do Reiki. Rev. Saúde Coletiva, s.l., v. 28, n. 6, p. 54-58, mar. 2009. Disponível em: <http://redalyc.uaemex.mx/pdf/842/84202805.pdf>. Acesso em: 19 ago. 2012.

SANTOS, Aline Carrara dos. O cuidado transdimensional através do reiki e dos florais de Bach, numa unidade básica de saúde. 2005. 121f. Trabalho de Conclusão de curso (Graduação em Enfermagem) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2005.

TEIXEIRA, Francisca Niédja Barros. Reiki: religião ou prática terapêutica? Rev. Horizonte, Belo Horizonte, v. 7, n. 15, p.142-156, dez. 2009. Disponível em: <http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/P.2175-5841.2009v7n15p142/2494>. Acesso em: 19 ago. 2012.


Fonte:
Imagem: ACTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário