quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Feng Shui: a arte de harmonizar ambientes



“Nada guarde em casa que não seja útil ou belo”. (William Morris)


   O Feng Shui é a arte de harmonizar ambientes. Tem origem chinesa assim como a acupuntura e o tai chi chuan. Feng significa “Vento” e Shui “Água”.
   O verdadeiro especialista em Feng Shui na China iria pessoalmente conhecer a sua casa, os habitantes que nela vivem (inclusive data, hora e local de nascimento de cada um), procuraria saber a história do terreno e de seus antigos habitantes para traçar se você e sua casa são compatíveis, se você não acabará adoecendo morando num lugar que não é auspicioso ou, no caso de uma empresa, indo a falência. (CRAZE, 1998).
   A partir da compatibilidade existente entre morador/casa sugeriria as cores adequadas para cada cômodo, a disposição dos móveis, a colocação das plantas e etc para conseguir harmonizar a energia dos diferentes elementos presentes na residência.
   Acredito que não precisamos saber os elementos regentes de cada setor do Ba-guá para aplicarmos o Feng Shui em nossas residências. Segundo Spear (2000), devemos estar equilibrados como nossas casas. Partindo desse princípio, nossa casa é um reflexo do que somos. Quando a vida não é como gostaríamos, nos sentimos sobrecarregados ou confusos uma ótima opção para colocarmos nossa vida em ordem seria conseguir fazer uma bela faxina em nossas casas – pois estaríamos fazendo uma limpeza em nós mesmos.
   Aproveite que o ano está acabando e faça uma faxina completa em sua vida. Separe aquilo que lhe é útil daquilo que você guarda e não usa há anos. Guardar coisas que não tem serventia faz a energia estagnar e a energia sempre precisa fluir. Além de arrumar sua casa, aproveite durante a faxina pra repensar porque você guarda aquelas coisas, que sentimentos estão presos àqueles objetos... Será que não está na hora de deixar as coisas fluírem?
   Dos objetos classificados como “inúteis” veja quais podem ser doados e quais realmente vão para o lixo. Procure algum lugar que possa receber suas doações.
   Se você estiver querendo mudanças drásticas em sua vida aproveite para mudar os móveis de lugar, pintar a parede, colocar um arranjo de flores diferente... enfim, mude!
   Já dizia Gabriel Pensador “Muda, que quando a gente muda o mundo muda com a gente”.


Referências

CRAZE, Richard. Feng shui: a arte milenar chinesa da organização do espaço. 8. ed. Rio de Janeiro: Ed. Campus, 1998. 117 p.

SANTOPIETRO, Nancy. Feng shui: harmonia dos espaços. Rio de Janeiro: Ed. Nova Era, 1998. 277 p.

SPEAR, William. Simplificando o Feng Shui: criando o design de sua vida com a antiga arte do posicionamento. Rio de Janeiro: Ed. Bertrand Brasil, 2000. 232 p.


Fonte:
Imagem: Athman

Obs: Post publicado originalmente no Blog da Athman: Naturologia, Saúde e Beleza, em 8 de dezembro de 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário