segunda-feira, 29 de abril de 2013

Você é mais bonita do que pensa!

(Fonte imagem: Grandes Mulheres)


  Você sabia que apenas 4% da população feminina mundial se considera bonita?! Isso é um número bastante preocupante, não acham?!
  Já comentei com vocês sobre os fatores envolvidos em nossa imagem corporal (quem não não leu, clica aqui). A Dove, desde 2005 (se não estou enganada), está engajada em nos fazer refletir e questionar sobre nossa imagem corporal e autoestima e, mais uma vez, nos dá um tapa na cara com a sua nova campanha intitulada "Você é mais bonita do que pensa".
  Essa campanha está bombando no facebook/youtube e nele, um homem que faz retratos para o FBI desenha o rosto de mulheres (que ele não vê) baseado na descrição que elas fazem de si mesmas e depois, uma pessoa que elas não conhecem, a descrevem também para um segundo retrato. A comparação entre os dois é alarmante. O retrato baseado no que a própria pessoa relata de si geralmente mostra uma pessoa triste, com alguma alteração inestética (como olheiras e rugas), semblante fechado, enquanto o retrato feito baseado no relato de um estranho mostra pessoas mais felizes, sem tantos defeitos... nos fazendo refletir que muitas vezes, nossa autoimagem pode ser muito crítica e equivocada.

  Se você ainda não viu os vídeos da campanha, clica aqui.

  Tem uma música (I Feel Pretty/Unpretty) que diz num trecho:

"[...] Olhe no espelho, quem está lá dentro?
Aquela com cabelo comprido
A mesma velha eu de novo
A minha aparência é legal
O meu interior é triste [...]
[...]Você pode comprar seu cabelo se ele não crescer
Você pode corrigir o nariz se alguém mandar
Você pode comprar toda a maquiagem
Que a M. A. C. pode fazer
Mas se você não puder olhar para dentro de você
E descobrir quem eu sou também
Estar na posição de me fazer sentir
Tão feia [...]
[...]Eu me sinto bonita
Mas tão feia!"

  Ou seja, mesmo sendo bonita uma pessoa pode se sentir feia simplesmente por estar passando algum momento difícil da vida, ou por se sentir triste/deprimida (vocês lembram que nossa imagem corporal pode mudar de acordo com diversos fatores, inclusive com o nosso humor?!).

  Enfim, a mensagem desse post (e que a campanha Dove nos faz lembrar) é: questione-se, reflita, pondere sobre sua autoimagem e finalmente... ame-se! Afinal: você é mais bonita do que pensa!


(Fonte imagem: Mulher Poderosa)


 Vários blogueiros tem se manifestado (e desabafado) com relação ao uso exacerbado de photoshop em fotografias e questionado sua própria imagem corporal e autoestima.


* Relatos de blogueiross:
 - Lia Camargo (do Just Lia)
 - Fernanda (do Fake-doll)
 - Brunna Ricelly (do Achados da Brunna)
 - Marcus Pessoa (do Marcus Pessoa: Redes Sociais, Branding, Design):  aqui fala mais a questão da jogada de publicidade, mas achei interessante;


* Relatos sobre as campanhas antigas da Dove sobre o mesmo tema:
 - Luciana Sabbag (do Luciana Sabbag)
 - Sabrina Olivetti (do Coisas de Diva)
 - Victoria (do Borboletanto)
 - Pedro Américo (do Ocrepúsculo: cultura pop, opinião, nada de vampiros):  visão de um publicitário sobre a propaganda da Dove.

Nenhum comentário:

Postar um comentário